Name:
Location: Portugal

Tuesday, May 13, 2008

Feridas Crónicas



Na segunda semana de Novembro de 2007, o senhor Arménio magoou-se, abrindo uma ferida por baixo do tornozelo exterior do pé direito.

Dois dias depois, como lhe doía bastante e não se conseguia calçar, começou a ir fazer curativos à extensão de saúde da área da sua residência.

Um mês mais tarde, estava pior e, durante esse tempo, teve muita dificuldade em dormir por causa das dores.

Nessa altura, o filho, em desespero de causa, pegou nele e foram até ao Porto, a ver se descobriam alguém que lhe conseguisse cicatrizar a ferida.

Seguindo várias indicações, foram parar a um centro de enfermagem em Santo Ovídio, cidade de Gaia.

Logo no primeiro tratamento, o senhor Arménio foi para casa sem dores e, pela primeira vez em várias semanas, conseguiu dormir bem.

Foram quatro meses de tratamentos intensivos, praticamente dia sim, dia não, a setenta quilómetros de distância, até à cura final.

O senhor Arménio tem 82 anos, não é diabético, mas as varizes dificultam-lhe a cicatrização.

Se contamos aqui esta história verídica, é porque sabemos que há muita gente com o mesmo tipo de problema e que não sabe onde procurar a cura.

E também porque, para além da competência técnica, queremos deixar aqui uma nota de agradecimento, pelo cuidado, delicadeza e simpatia com que fomos atendidos por todos os membros da equipa de enfermagem:

─ Enfermeiro António

─ Enfermeira Olinda

─ Enfermeira Patrícia

─ Enfermeira Sara

─ Enfermeira Vera.

E aos funcionários da Parafarmácia Saúde (Pedroso, Carvalhos):

─ Cátia

─ Gabriel

─ Márcia,

pela simpatia.


http://www.globalenfermagem.com/


PS <> Divulgação feita a pedido do filho, que achou importante partilhar a informação com quem dela necessitasse.


Luís.

5 Comments:

Anonymous In Loko said...

É bom que estes casos sejam divulgados.
Primeiro - Para que se saiba que mesmo dentro das melhores das vontades, nem todos os serviços são capazes de resolver certos problemas de saúde, e há que procurar outras saídas, outras soluções.

Segundo - Para enaltecer outros serviços que pela sua competência e conhecimentos existem e podem ajudar e curar problemas de saúde mais complicados.

Terceiro - Para que muitas ou todas as pessoas envolvidas... possam ter o seu agradecimento merecido!

Beijinho e abraço

7:26 am  
Blogger Parapeito said...

...E ainda bem que tudo acabou bem para o Sr.Arménio...

E foi ver ver o grato reconhecimento do Luis...nestes tempos que correm cada vez menos se valoriza o esforço e a dedicação...Tudo de bom para os dois****

9:33 am  
Blogger lena said...

um alerta importante

que bom que tudo esta controlado

a equipa de enfermagem está de parabéns, pela sua dedicação

que corra tudo bem ao Sr. Arménio mesmo não o conhecendo atrevo-me a dar-lhe um abraço sincero

um abraço extensivo ao filho que foi tão presente

lena

8:28 pm  
Blogger tb said...

um bem haja a quem se dedica a curar coisas que tão complicadas são.
E que o Senhor Arménio não necessite desses cuidados de novo e que a saúde seja sempre uma realidade presente.
os filhos são o desvelo dos pais, quando estes o foram já também :)
beijinhos aos dois

9:38 pm  
Anonymous aeriene said...

realmente é bom que seja divulgado... parabéns a todos estes que são seres humanos «grandes» @@@

8:43 am  

Post a Comment

<< Home