Name:
Location: Portugal

Friday, December 29, 2006

Virtual Realidade Parte 67


O filho de Mariana levantou-se tarde no dia seguinte. Era domingo, um dia para recuperar e descontrair. Na segunda-feira, ele e Juan iriam a Madrid a uma reunião com os responsáveis de uma obra, para esclarecimento de pormenores de um projecto em execução no estúdio onde trabalhavam. Francisco, depois do banho, vestiu-se e tomou o pequeno-almoço na cozinha, onde a mãe já andava às voltas com a ementa para o meio-dia. Beijou-a e perguntou:
─ Mamã, precisas de ajuda?
─ Não, filhote, obrigada! Está tudo orientado. Dormiste bem?
─ Tão bem que nem me lembro de ter sonhado com coisa alguma. E tu? Tiveste bons sonhos?
─ Ah, se eu te contasse!...Tive um sonho muito bom. ─ respondeu Mariana enigmática.
─ Conta-me então! ─ inquiriu Francisco, curioso.
─ Outro dia. Agora tenho que fazer o almoço. Não te esqueças que temos um convidado.
─ Ok. Então se não precisas de mim vou à net. Se precisares chama-me.
─ Obrigada, mas não devo precisar!
Francisco ligou o computador e foi ler os e-mails e ao IRC conversar. «Chatear» como ele dizia.
Tinha um nick, «imagem», que escolheu porque achava que do outro lado o que as pessoas viam era apenas uma imagem dele, aquela que ele quisesse fazer passar usando a imaginação; como, aliás, ele só via a imagem dos outros, a que a sua própria imaginação lhe apresentasse, baseada naquilo que lhe diziam. Tudo virtual, ali poderia ser quem quisesse. Achava-o um nick muito adequado para as circunstâncias, embora depois lhe tenha descoberto a desvantagem de muitos o acharem um tanto feminino e virem ter com ele em pvt pensando tratar-se de uma mulher. A princípio esteve para mudar de nick mas, depois, começou a achar graça e aprendeu a responder ao pé da letra, quando os atrevidos eram mais inconvenientes do que deviam.
Ligava-se sempre a um servidor da Ptnet e mal entrava no IRC, canal Portugal, as interpelações sucediam-se:

Xenxual ─ olá princesa...a sensualidade e sedução de uma mulher, são únicas...adoro... serás assim?
imagem ─ tb eu
Xenxual ─ és…hum! Que maravilha! Encontreiiiiiii….
imagem ─ ñ sou, mas tb adoro
Xenxual ─ então como és, lésbica?
imagem ─ e tu como és, idiota?

Comestível ─ oi
imagem ─ combustível
Comestível ─ lol
imagem ─ achas graça? Pergunto-me se terás percebido…
Comestível ─ esplica
imagem – eu quis dizer que não brinques com o fogo
Comestível ─ podes esplicar melhor?
imagem ─ as minhas teclas podem queimar
imagem ─ resumindo, isto é um aviso para que evites dizer parvoíces antes que te queimes.
Comestível ─ ah

Francisco costumava percorrer a lista dos nicks presentes no canal, para ver se achava algum que lhe parecesse inteligente, curioso, ou divertido. Na maioria dos casos achava os nicks idiotas, sem imaginação, como os que usavam nomes de ídolos e outros.
Desta vez o nick «atiR» chamou-lhe a atenção:

imagem ─ Olá, bom dia!
Do outro lado demoraram um pouco a responder, até que:
atiR ─ Bom dia!
imagem ─ o meu nome é Hugo e sou de Coimbra. E tu?
atiR ─ Isabel e sou de Lisboa.
“Era demasiado bom para ser verdade”, pensou, esquecendo-se de que ele próprio não dizia o nome verdadeiro.
O nick atiR tinha-o atraído porque, ao ler do fim para o princípio, teve esperança de que por um feliz acaso se tratasse da Rita que, mesmo em Espanha, tal como ele próprio, podia ligar-se aos servidores portugueses e andar por ali. Nas primeiras conversas encetadas, Francisco nunca dava o nome correcto nem a terra onde morava, por uma questão de prudência.
E a conversa entre os dois continuou:

imagem ─ pensei que o teu nome fosse Rita
atiR ─ porquê?
imagem ─ atiR ao contrário. Lol
atiR ─ lol. Gostavas mais que fosse Rita?
imagem ─ não; Rita é um nome lindo, mas Isabel também.
atiR ─ bigada!
imagem ─ Pela Rita ou pela Isabel?
atirR ─ Ah, ah, ah! Espertinho, a ver se me apanha…
imagem ─ Ah, ah, ah! E apanhei-te?
atiR ─ Quem sabe?!... Lol
Rita começou a achar interessante continuar com a farsa; afinal nunca se sabia quem estava por detrás de um monitor.
imagem ─ Hum! O que fazes, Bela? Posso tratar-te por Bela?
atiR ─ À vontade! É como os amigos me chamam. Estudo medicina, primeiro ano. E tu?
imagem ─ arquitectura. Quer dizer que me consideras um amigo?
atiR ─ ñ tenho razões para pensar o contrário. Arquitectura em Coimbra?
imagem ─ sim, último ano. E tu estudas onde?
atiR ─ Lisboa. Tens um nick muito original.
imagem ─ saiu da minha imaginação. Lolol
atiR ─ lolol. Pois…imaginação, imagem….isso não quer dizer que andas aqui a enganar o pessoal?
imagem ─ nada disso! Lolol
atiR ─ e quais são os teus sonhos?
imagem ─ Um grande amor e…
atiR ─ e…
imagem ─ projectar uma casa pra ti se fores rica e pagares bem. Lololol
atiR ─ lolol. Sabes muito bem dizer as coisas!
imagem ─ que coisas? Lolol
atiR ─ chegar ao coração duma rapariga. Lolol
imagem ─ consegui chegar ao teu? Lolol
atiR ─ completamente. Lol
imagem ─ quer dizer que te apaixonaste por mim. Nesse caso ficamos namorados?
atiR ─ ok, mas só virtuais!
imagem ─ foi o que eu quis dizer! E os teus sonhos, quais são?
atiR ─ tirar o meu curso e … ser feliz.
imagem ─ e, além do curso, isso não passa por um grande amor?
atiR ─ espero bem que sim!
imagem ─ então cá estamos!
atiR ─ como assim?
imagem ─ ñ te parece que viemos ao encontro um do outro com os mesmos sonhos?
atiR ─ ah! Lololol, quem sabe?!
imagem ─ ñ acreditas em amor à primeira tecladela? Lolol
atiR ─ estás a atirar-te? Lolol
imagem ─ nota-se muito? Lolol
atiR ─ o mais possível! Lolol
imagem ─ e isso desagrada-te?
atiR ─ em principio ñ.
imagem ─ tava só a brincar. Mas nunca se sabe o que o futuro tem guardado para nós.
atiR ─ claro, nunca se sabe…
imagem ─ as portas ficam abertas. Posso fazer uma sugestão?
atiR ─ qual?
imagem ─ vamos brincando aqui até nos conhecermos melhor e depois se verá, ok?
atiR ─ por mim tudo bem! Pareces simpático.
imagem ─ isso digo eu de ti!
atiR ─ olha, desculpa, mas agora tenho de ir. Vou fazer um pouco de jogging com uma colega que já aqui está. Bom resto de domingo.
imagem ─ ok. Pra ti tb. Um beijo! au revoir!
atiR ─ à bientôt! Jinho.

Rita tinha achado o Hugo super simpático e divertido, nada mal para matar as horas de ócio que afinal eram bem poucas. Virou-se para a colega que a esperava impaciente.
─ Nos vamos amiguita!
Durante o trajecto que fizeram em volta do parque cada qual falou um pouco de si própria e do seu país.
Eram duas moças bonitas que, mesmo em fatos de treino, atraíam a atenção dos rapazes com quem se cruzavam.
Passado algum tempo, Emília confidenciou que em Pamplona tinha um amigo que também costumava correr naquele parque com um colega de trabajo que era muy guapo.
Voltaram para a residência com uma boa sensação de alívio, embora um pouco cansadas, depois de terem caminhado durante uma hora pelo verde relvado, ponteado de árvores, da Vuelta del Castillo. Logo que Rita meteu a chave na porta do quarto ouviu o seu telemóvel a tocar.
─ O que é que estás a fazer?
─ Olá Maria, acabei de chegar da rua. E agora tenho que estudar; exame para a próxima semana.
─ Para a semana? Então estarás livre para vires no próximo fim-de-semana, com a Emília, a uma festa que vou dar.
─ Não posso!
─ Não argumentes que nem vale a pena. Espero pelas duas às dez horas da noite, em minha casa, no sábado. Podem trazer companhia.
Maria desligou tão repentinamente que Rita nem teve tempo de reclamar.
─ Ora esta!...
─ Passa-se alguma coisa?
Emília ouviu a explicação da Rita sobre o telefonema e disse:
─ Terás que ir sem mim, já tenho algo combinado com um conterrâneo. Ainda esta tarde te falei dele e do amigo. Espero que possamos sair em breve os quatro. E, para dizer a verdade, não me sinto bem nas festas da Maria. Sempre demasiado liberais para meu gosto.
─ É teu namorado?
─ Não, que ideia! Podia quase ser meu pai. Encontramo-nos apenas para matar saudades da pátria. Mas o amigo dele é um pão! Só o vi uma vez ainda. Se eu não tivesse namorado, não me escaparia. ─ acrescentou Emília, a rir.
─ Ah!
Rita iria mesmo sem vontade, pois Maria sempre se mostrou uma excelente amiga, apesar de ter um feitio muito particular. Já se tinha dado conta que a nova amiguita, era uma mentirosa compulsiva.

Continua...

28 Comments:

Anonymous tb said...

Mais um pedacinho de uma história emocionante, bem elaborada, escrita e descrita, que nos conduz a uma outra ponta do fio...algo como um separador/ligação.
Beijinhos e uma excelente passagem de ano. (Em 2007 espero que nos continuemos a encontrar com amis pedaços de boas histórias) :)

5:57 pm  
Anonymous Diva said...

Um optimo 2007, com tudo de bom, muita felicidade,mts realizações e acima de tudo muita inspiração!:)Boas entradas.Beijokas

6:00 pm  
Blogger Catarina said...

______0___o__o__o0_0__o_o__0
_____0___o__o_o__0_0__o___o__0
____0_o___o___o__0_0___o___o__0
____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
___00000o000o000o0_000o000o0000o0
___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
_____0000o0000________ 00o000o000
______0000000___________0000000
________00__________________00
_______00____________________00
______00______________________00
_____00_______TIM_TIM__________00
____00___FELIZ 2007______ _____ ___00
_000000________________________000000

6:31 pm  
Anonymous Sindarin said...

Olá meus adorados amigos Isa e Luís! O que posso desejar-vos? Por mim oferecia-vos um mundo mais belo onde só houvesse amor, ñ existisse pobreza nem falsidade, e tantas coisas do mais maravilhoso k houvesse, mas cmo ñ posso deixo-vos a minha sincera amizade e o meu coração cheio de votos que o vosso Ano Novo seja repleto de compensações, alegrias, saúde, amor, paz e desta magnífica inspiração k vos faz deixar-me maravilhada sempr k vos leio. Que a nossa amizade seja eterna s rá para mim uma grande alegria. Para vocês e vossas famílias tudo de bom. Mil beijinhos amigos

3:06 pm  
Anonymous Papoila said...

Adorei este pedacinho de história. A vida tem destas coisas...
Isa e Luís, BOM ANO DE 2007
Beijo

5:33 pm  
Blogger MiguelAugusto said...

O amor pode surgir quando menos esperamos! E da maneira mais imprevista!
Boas entradas em 2007!
Beijinhos

7:06 pm  
Anonymous Fallen Angel said...

Um enorme beijinho com um grande carinho. Que 2007 seja melhor que 2006 e que tudo o que sonham neste momento se realize.

Marisocas

9:10 pm  
Blogger Alexandra said...

Bem, o que eu tenho para ler... acho que vou cá passar uma bela tarde :))

Isa e Luis, um 2007 cheio de coisas boas!

Beijinhos

4:07 am  
Anonymous In Loko said...

Ao ler esta conversa tecladada entre atiR e o imagem lembrei-me das alturas em que tinha tempo para ir aos chats brincar, ou chatear como diz o Chico, e lá passava horas a dar à «língua». Boa observação e imaginação a tua Isa, creio que foste tu que escreveste este capítulo. O enredo entre estes dois - Rita e Francisco - está a ser muito bem elaburado... tou a gostar! Meus amigos, Isa e Luis, tenham boas entradas e Ano soberbo! Beijo e abraço...

5:55 am  
Blogger lena said...

isa e luís. meus queridos amigos, voltamos ao virtual, fez-me lembrar o tempo que iniciei no irc, ainda não havia ptnet, gostava de estar nos canais e assim me ia distraindo, hoje embora esteja muitas vezes presente, não uso o pvt, adoro poesia e por lá me vou entretendo

gostei de ler este capítulo, de novo vai rebentar o amor, o hugo e a rita em breve se irão conhecer, certamente

continuam a deliciar quem vos lê e isso é importante

este ano está a chegar ao fim, em breve um novo ano vai bater à porta, que entre e vos traga a realização dos vossos desejos e a felicidade, a paz, a alegria, sim, todas essas palavras lindas estejam presente em vós meus queridos amigos

como sempre abraço-vos com carinho, para além deste virtual e deixo beijinhos meus

lena

5:22 pm  
Blogger }}cleopatra{{ said...

Olá Isa e Luis!
~Tal como já aqui foi dito, também me lembro do tempo em que passava horas a fio nos chats e me divertia com isso, esta história faz-nos reviver esses tempos, que agora já parecem tão distantes...
A vossa história virtual, continua sempre bastante empolgante, a cada capítulo.

Que o novo ano vos continue a dar inspiração para escrever!

Um Feliz 2007 para vocês, com muita saúde, paz e alegria!!

Um beijinho soprado

8:12 pm  
Blogger soli-arte said...

bom ano de 2007 Isa e Luís.
A vossa historia continua a encantar e a pregar-nos ao monitor. Continuem.
Beijos

12:58 am  
Blogger A COR DO MAR said...

Isa e Luis deixo-vos os meus votos de um ano novo cheio de Felicidades, muito amor, muita paz, e que os vossos desejos se concretizem.
Beijinhos*

4:01 am  
Blogger Adryka said...

Venho trazer-te um grande abraço e os votos de um feliz 2007. Beijinhos para vocês os dois

10:06 am  
Blogger Baby said...

Para vocês também, um muito feliz Ano Novo!
beijos,
Corina

10:07 am  
Anonymous Fallen Angel said...

Feliz 2007!!!!
Com um grande beijinho da vossa amiga Marisocas.

2:12 pm  
Anonymous Anonymous said...

A história mantém o interesse sempre.Que irá acontecer nessa festa? E Victor? como terá reagido à nova posição assumida pela mulher? Ai! Estou roída de curiosidade. Feliz 2007 amigos.
Nelly

3:15 pm  
Anonymous bitu said...

Desejo-vos um ano novo repleto de paz, saúde e muita alegria ... Com muitos sonhos e emoções. Que seja pleno de luz, esperança e harmonia. Cheio de amor e alegria. Que este Novo Ano seja o das realizações. Que só encontrem amor nos corações. Que nunca deixem de sonhar... e que todos os vossos sonhos se tornem realidade. Enfim... Que o novo ano venha carregado de amor e felicidade.Beijos carinhosos.
FELIZ 2007!!!

4:39 pm  
Blogger Rui said...

E um 2007 cheio de inspiração.

Abraço.

4:58 pm  
Blogger kaldinhas said...

Andei a ler algumas passagens da história para me inteirar,e prometo que vou continuar a seguir.Continuam a saber prender a atenção de quem vos lê.
Isa e Luis, estou de volta à blogosfera:-)
Desejo-vos um ano recheado de tudo o que mais desejarem,mas acima de tudo com muito amor,paz e saúde.
Beijos gdes

5:42 pm  
Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Isa e Luis,
Vim desejar-vos um FELIZ 2007, e que continuem a entreter-nos com esta vossa Virtual Realidade tão bem elaborada.
Beijos e abraços.

11:20 pm  
Blogger Luna said...

Continuam com o conte em grande forma
beijinhos

8:17 pm  
Blogger HatA/mãe said...

Um bom ano!
Tudo de bom para voces e muito obrigada!

10:23 pm  
Anonymous Filipe Freitas said...

Agradecendo as palavras deixadas no meu blog, com o qual espero continuar, se a saúde o permitir, retribuo os votos de um BOM 2007 e que este blog também siga em frente !
Abraços para o Luís,
Beijos para a Isa.
Muita saúde e alegria para 2007 !

1:15 am  
Anonymous Regina said...

Queridos Isa e Luis.
Agradeço a Deus por ter tê-los colocado na minha vida, sua amizade me enriquece e ilumina a cada novo dia. Presença no meu blog, é presença na minha vida.
Como é bom saber que existem pessoas como vocês!
Muito obrigada por ter feito parte do meu 2006.
Se Deus quiser, e Ele há de querer, vamos continuar juntos este ano.
Que 2007 seja cheio de paz, harmonia, saúde e prosperidade!

Beijos com carinho.
Regina

2:23 am  
Blogger maresia_mar said...

Olá meus kidos
só passei mesmo para dar um alô e deixar-te um grande beijo. Prometo voltar mal o trabalho acalme

5:42 pm  
Blogger Jorge Bicho said...

continua esta história emocionante, e cá venho qd posso dar-vos um beijo e agradecer a vossa imaginação e arte.

JB

5:54 pm  
Blogger Jorge Bicho said...

Isa e Luís,
se quiserem incluir o meu blog nos vossos links, estejam à vontade, eu desde já agradeço:
http://josibi.blogspot.com - e chma-se como vocês sabem, por dentro das palavras...
beijos
JB

5:57 pm  

Post a Comment

<< Home