Name:
Location: Portugal

Friday, June 23, 2006

Virtual Realidade Parte 41


Enquanto Luísa continuava em viagem por terras de Espanha, levando a filhota a caminho do futuro, futuro incerto como todos os futuros, mas repleto de esperanças razoavelmente sonhadas (aquele comboio ia cheio com os sonhos de muita gente, todos diferentes, mas que tinham em comum o desejo de vidas melhores, para os que partiam em trabalho, ou momentos melhores, para os que faziam turismo), Eduardo fazia a sua vida normal cada vez com mais saudades dos seus encontros virtuais com ela, desejando que tudo lhe corresse bem. De vez em quando recebia uma mensagem de Luísa, via telemóvel, na sua caixa de correio e ficava um pouco menos triste. Estava arrependido de não ter seguido com elas para lhes dar apoio. Agora a saudade originada por aquele distanciamento forçado deu-lhe a certeza de que amava aquela mulher, mesmo, coisa estranha, sem nunca a ter visto. Como era possível tal coisa? É verdade que lhe conhecia a alma muito antes de ver o rosto dela numa foto e ficava a pensar no extraordinário meio que era a Internet ao permitir um mundo enorme de possibilidades de comunicação.
Dificilmente, se se tivesse cruzado com Luísa numa rua ou a tivesse visto na esplanada de um café ou em outro lugar qualquer, teria iniciado com ela aqueles diálogos que os levaram a um conhecimento espiritual tão íntimo, e teriam continuado desconhecidos e indiferentes um ao outro.
E foi Luísa quem primeiro confiou e se entregou sentimentalmente. Eduardo foi muito mais prudente, mais seguro de si, mais reservado. Agora estava ali a sofrer de saudades sabendo finalmente que a amava e desejando ter largado tudo e seguido o seu coração.
Mas antes da partida ele não sabia, e foi precisamente essa partida que o levou a descobrir esse amor que jazia latente na sua alma.
O amor por vezes já existe dentro de nós sem o sabermos de todo e é por causa de uma circunstância estranha, que nada tem a ver com ele, não lhe deu origem, não faz parte dele nem lhe é absolutamente necessária, que tomamos consciência da sua existência, embora ele já influenciasse a nossa vida sem o termos notado.
Nesse dia Eduardo tinha acabado o trabalho mais cedo e, como se sentia preguiçoso para ir para casa cozinhar, resolveu jantar fora com uma colega de profissão.
Chegou a casa, atirou o casaco para cima de um sofá e foi ao quarto ver a fotografia da Luísa que tinha imprimido e emoldurado, em cima da mesinha de cabeceira; deu um beijo na fotografia e levou-a para ao pé do computador. Enquanto o Windows se iniciava foi ao jardim colher uma rosa que colocou num solitário com água junto da imagem de Luísa.
Precisava de encontrar o Rui para ter com ele aquela conversa que a Luísa lhe tinha pedido e também porque falar com pessoas no Mirc o deixava descontraído, embora por vezes travasse acesos debates sobre os mais variados assuntos.
Correu o Mirc e como não tinha ninguém na notify list entrou no canal Portugal.
Ficou a ver o canal com o olhar disperso e a certa altura reparou que alguém pedia ajuda para um texto em português. Com sempre costumava fazer quando alguém pedia ajuda, clicou no nick respectivo, anjo_selvagem e, depois de se abrir o pvt, perguntou:
─ Olá! De que se trata? Se eu souber ajudo-te.
─ Obrigada! Gostaria muito caso tenhas disponibilidade
─ Sim, diz….
Estiveram a tratar do caso; o texto era fácil de interpretar e pareceu ao Eduardo que a ajuda não era necessária e que aquilo era apenas um teste que alguém estava a efectuar para experimentar as pessoas no IRC. Não lhe foi difícil sair-se bem na interpretação que ia sendo confirmada pelo outro lado, como se já a conhecesse muito bem.
Quando acabaram Eduardo interrogou com um sorriso:
─ Olha uma pergunta, não entendi o teu pedido de ajuda. Estiveste a testar os meus dotes literários, foi?
─ Nunca se sabe! Mas não te preocupes, a tua ajuda foi preciosa. Deu para constatar que se encontram aqui pessoas que gostam de ajudar. Poucas mas algumas.
─ Sim, eu gosto de ajudar, mas não gosto de servir de cobaia.
─ Não te ofendas, não foi por mal. O meu nome é Sara e estou a escrever um livro sobre o IRC e o MSN.
─ Ai é?! Então depois, para eu te perdoar isto, vais ter de me enviar um exemplar assinado por ti. Ok? (sorriso)
─ Fica prometido!
Falaram ainda de diversos temas e o tempo passava rapidamente. Quando de repente o anjo_selvagem pergunta:
─ Achas que é possível uma pessoa entrar no computador de outra sem esta autorizar? Porque com autorização já deixei uma pessoa amiga entrar para me resolver um problema que eu não sabia.
─ Sim, é possível. Mas o que aconteceu?
─ Aconteceu-me uma coisa estranha há pouco. Alguém entrou no meu computador, leu os meus e-mails e outros textos e tem teclado comigo como se fosse um amigo que tenho de longa data. Falámos meia dúzias de vezes e a conversa dele era sempre no sentido de me engatar para ter sexo comigo. Como eu nunca lhe dei aviamento acabou por me dizer que tinha entrado no meu computador e que tinha descoberto coisas sobre mim que iam fazer com que eu me submetesse: ou ia para a cama com ele ou tinha de lhe pagar uma quantia em dinheiro. E de facto provou-me que tinha feito isso porque sabia de coisas que só eu conhecia e que tinha guardado no meu PC.
─ Estou a ver… Há sacanas capazes de tudo.
─ De início entrei em pânico, e pedi-lhe para me deixar em paz, mas depois reagi e dei-lhe uma lição; nunca mais se vai meter comigo!
E Sara contou tudo ao Eduardo.
─ Tens de te proteger com uma firewall. Andar na net sem firewall e/ou sem antivírus é como fazer sexo sem preservativo. (risos)
─ Pois, estou a ver que sim! (risos)
─ Mas o que te levou a fazer-me essas confidências todas?
─ As mulheres têm um sexto sentido; eu fui atrás do meu que me segredou que eras boa pessoa. Uma das coisas que gostei de ti foi seres bom ouvinte e teres um modo de falar que me deu confiança.
─ Obrigado.
─ Eu é que agradeço a tua simpatia.
─ O tal livro já vai adiantado?
─ Digamos que vai a meio.
─ E quando contas ter publicado?
─ Não tenho a certeza, mas espero que daqui a dois meses já esteja nas livrarias.
─ E vais fugir-me para não cumprires o prometido?
─ Não, acredita que não farei isso. Só se me acontecer algo de grave que não possa de todo.
─ Ok. Eu estava a brincar. Desejo-te muita inspiração!
─ Obrigada mais uma vez. A gente encontra-se por aqui; tenho de ir. Um beijo

─ Outro para ti.

Continua...

58 Comments:

Blogger Natalie Afonseca said...

Olá!!!! :)))
Já estou à espera da continuação!!
:)))))
Gosto de vos ler!!
Um beijinho para ambos com um cheirinho a Verão!!

:))

6:58 pm  
Blogger soli-arte said...

olá.
Acabei de ler o último episódio.
Finalmente o menino admitiu que a Luísa não lhe é indiferente. até já tem um lugar especial para a foto dela:).
Mas as coisas não só me parece que se estão a compôr para este casal que todos ( penso eu) torciamos para que acabassem juntos, como o
contacto com o anjo selvagem, já nos deixa antever, uma outra parte da história.
Fico a aguardar s próximos episódios.
beijos amigos e tenham uma boa noite de S. João.
Muita martelada e alho porro :)

8:47 pm  
Anonymous Mar said...

As coincidências com que a vida nos surprende...
Gosto deste encadear da história.
Bom fim de semana para vocês e bom S. João!
jinhos

9:35 pm  
Blogger Medusa said...

Ao ler-te, revi-me em algumas destas situações...
É... a internet veio mesmo modificar a vida das pessoas e fazê-las entar por caminhos até então desconhecidos e alguns bem aliciantes e não menos interessantes!

Um beijo da Medusa

10:18 pm  
Blogger XannaX said...

Nunca sabemos com quem falamos na internet, não é? Por trás de palavras agradáveis podem se esconder todo o tipo de pessoas... mas não é assim também entre as pessoas com que nos cruzamos???
Bom S. João para vcs.
jinhos

11:22 pm  
Blogger Isa Calixto said...

E as peças lá vão encaixando...
A Virtual Realidade continua a saber a realidade pura...

Bom S.João
Bom fim de semana
Beijinhos para os dois Isa & Luis

11:30 pm  
Anonymous angel said...

Deus criou o AMOR e nós, humanos, não soubemos utilizá-lo. Ele então numa inspiração divina criou a AMIZADE e foi assim que o amor passou a ser utilizado na essência de seu significado. Quem está ligado por esse amor, distância alguma separa, pois a verdadeira amizade não une corpos, não une mentes, mas une corações e essa união é feita por Deus e o que Deus une,
homem algum é capaz de separar.“
Desejo a vc um ótimo final de semana de muita paz e luz bjs no teu coração.

11:43 pm  
Anonymous bitu said...

Passei num apice pq este novo estatuto de avó e o final do ano lectivo não me deixam mto tempo. Desejo-vos um bom fds e deixo um carinho grande.

12:02 am  
Blogger Carla said...

Obrigada pela visita e espero a continuação...

9:40 am  
Anonymous obvio said...

Por vezes, uma figura, um rosto, uma paisagem, uma viagem começa a desenhar-se na memória,instalado-se a tal "esperança sonhada"...exigindo q lhes seja dada uma nova forma...através da escrita.
O virtual??? Talvez eu nunca tenha necessitado de uma "musa inspiradora" p escrever a minha "estória" completa!

10:03 am  
Blogger Mag said...

Muito interessante a história. Conseguem ir mantendo o nível de interesse nos píncaros. Parabéns.
Bom fim de semana com um convite para virem até Évora.
beijinhos

10:53 am  
Anonymous Daniela Mann said...

Beijinhos e bom fim-de-semana!
Dani

1:58 pm  
Anonymous Nylda said...

Olá...
Ai que isto promete!!.
Bom fim de semana com tudo de bom.
Beijinhos e um sorriso.

5:49 pm  
Anonymous tb said...

Cá está, como o mundo virtual é igual ao real (talvez até melhor) pois que conhecemos a alma das pessoas antes da sua parte física. E, como na vida, também aqui, encontramos o bom e o menos bom... um bom texto de ligação.
Beijinhos

7:15 pm  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Sabe bem passar por aqui :)
beijos e bom domingo

9:46 pm  
Blogger Catarina Pati said...

Quem navega na net tem que aprender a ver com o coração seja ele em termos de amores ou amizades, e isso nem sempre é simples... sao mais os enganos do que os encantos :)

Bjtos e bom fim de semana

10:24 pm  
Blogger OvelhaNegra said...

Mais uma vez, ávidamente, li o novo episódio.
Aguardo, curiosa, pelo próximo.
Gosto de vos ler.

Um beijo e um sorriso*

12:08 am  
Blogger eu said...

Cá estou, colocando a leitura em dia. Como sempre um prazer!
Um abraço da lua pela vossa simaptia e fiquem bem.

2:11 am  
Blogger lena said...

Isa e Luis, meus queridos e doces amigos, uma manhã de domingo como tantas outras onde aproveito para colocar em dia os comentários.
claro que já tinha vindo ler, hoje reli de novo, gosto de me sentir dentro do que leio, imaginar que estou lá e vou viajando dentro das vossas palavras
o romance promete, para mim prometeu desde o principio,
hoje finalmente vi o Eduardo confirmar a seu amor pela Luisa, há muito que era isso que desejava, vê-los juntos, embora eu seja muito céptica às relações no IRC
apareceu ao Eduardo, a já conhecida Sara , o anjo_selvagem, será que ele não vai hesitar agora entre uma e outra?
tudo é possível por aqui e não acredito muito em amores de palavras, têm que se conhecer ao vivo e a cores como digo,para que todas as sombras se apaguem e vivam um amor feliz para sempre
adorei ler-vos mais uma vez, têm uma sintonia perfeita, vou ficar à espera do encontro do Eduardo e da Luisa que é muito importante, enquanto isso gravo na minha imaginação a doce emoção de ver o Eduardo colocar uma rosa ao lado da foto da Luisa, desculpem mas eu sou assim, romântica e misteriosa

beijinhos muitos aos dois, beijinhos docinhos e o meu abraço onde vai o carinho e ternura que tenho pelos dois, pois esta amizade ultrapassa já há muito o virtual

lena

10:55 am  
Blogger Papoila said...

Só hoje venho comentar-vos porque fui mesmo a uma bela sardinhada e até à rua e a noite de 23 foi longa... Deitei um balão que subiu a prumo e pedi um desejo.
Hoje vim saber novas e soube do Eduardo que finalmente sabe que ama a Luísa.
De novo o alerta para os patifes deste mundo virtual, onde se encontra gente sem escrupulos como na vida real. (Esta é também real apesar de o ser por trás de uma tela).
Eu sou vossa fã por isso continuarei a vossa história que vou ler publicada em papel.
Beijo

1:43 pm  
Anonymous lique said...

Vim por a leitura em dia, fiquei curiosa com mais esta interacção. Que irá daqui sair? :)
Beijos

3:13 pm  
Blogger Adryka said...

Olá Isa e Luis estive a ler-te, achas que é verdade alguém entrar e«mesmo no nosso pc?, deixaste-me curiosa. Adorei como sempre ler o post não sei onde vais buscar tanta imaginação. Beijinhos

5:39 pm  
Anonymous Juda said...

Olá, não passava por aqui já a algum tempo... deixo o meu abraço...

6:12 pm  
Anonymous furta cores said...

Relamente vale bem a pena vir cá espreitar, é uma constante surpresa! ehehe

Como te disse, lá vais tecendo a teia sing, e aproximando as histórias uma das outras.. começa-se a puxar por um fio..e saem-nos as histórias interligadas umas com as outras :)

Bom trabalho :)

beijitos

8:25 pm  
Blogger Ana Luar said...

Eu nunca separei a virtualidade da realidade... pk em ambas encontramos sacanas disposto a tudo... a mentira é uma constante seja em frente a um monitor seja olhos nos olhos... Isa & Luis fantástico este conto...........ou não tivesse a vossa mão.

9:02 pm  
Blogger Adryka said...

Olá,venho avisar-te que á festa no crepúsculo e no http://memoriademulher.blogspot.com/, por favor passa lá. Beijinhos

8:18 am  
Blogger Rosmaninho said...

Isa&Luís

Eu não sei nada de computadores mas... desconfio que até a "rocha" mais séria me sorri se eu lhe sorrir:).
Há muito que cheguei à conclusão: o mundo não está cheio de desconhecidos, está cheio de pessoas esperando que se fale com elas.

~*Um beijo*~

10:17 am  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Beijos e boa semana

10:42 am  
Blogger maresia_mar said...

Olá,
mais um belissimo capítulo da vossa apaixonada história. Na net como na vida existem sempre sacanas.. para eles é óptimo que apareça quem lhes faça frente.
Fico à espera do próximo. Bjhs e boa semana

1:52 pm  
Anonymous Anonymous said...

Oláaaaaa! Ai menina como eu estou atrazadaaa, o comboio já partiu e eu fiquei aqui em terra! Já vamos no 41 e eu sem tempo para ler:( tenho q me livrar logo dos exames para poder recuperar os episodios perdidos... está tudo bem contigo Isa? Espero bem q sim. Um jinho mt grande mas sempre de mt boa vontade :) Smakkkk Pedra da Lua

3:16 pm  
Anonymous Rui Teixeira said...

Gostei muito desta história amorosa é como a música To Be Free do Mike Oldfield que uma banda de ChillOut

5:09 pm  
Blogger amita I said...

Meus queridos amigos, finalmente tenho a leitura em dia e confesso-vos que de cada vez que cá venho aumenta o meu prazer em ler-vos. As considerações iniciais deste texto são um encanto e demonstram bem o vosso valor, o vosso sentir.
Tal como a imagem que colocaram, este vosso espaço é como um belo botão de rosa nascido na água desabrochando todas as semanas.
Um bjinho para os dois, um doce sorriso e uma excelente semana

7:04 pm  
Anonymous eternapartedemim said...

Olá Isa, olá Luís! ;)

Cá estou eu finalmente, a por a leitura desta fascinante história em dia!
Ultimamente não tenho podido visitar os meus cantinhos preferidos e o meu anda tão abandonado... coitadito!
Obrigada por estarem sempre presentes, por deixarem sempre umas palavrinhas tão lindas!
Sempre que puder, cá estarei!
Deixo-vos um beijo e votos de uma feliz semaninha. *****

Lu Costa

3:09 am  
Anonymous Regina said...

Querida Isa.
Obrigada pelo carinho.
Portugal já estás nas quartas de final. Hoje vou torcer pelo meu Brasil.
Beijinhos verde e amarelos pra você!
Regina

6:32 am  
Blogger Tons Pastel said...

continuem a escrever.eu, por cá, continuo a gostar muito de vos ler.beijo

8:35 am  
Anonymous meialua said...

Bem agora tenho que tentar recuperar a parte da história q tenho "perdido" he he. Também eu estou mais ou menos de volta aos meus Fragmentos ;o) Beijokas aos 2***

11:07 am  
Blogger De Amor e de Terra said...

Olá Isa, olá Luis!
Tenho aparecido por cá de vez em quando e nunca deixei comentário.
No entanto, posso dizer que GOSTO de tudo o que tenho lido.
É interessante e prende!
Linguagem simples, fácil a qualquer pessoa...
Gosto da simplicidade.

Avante pois!!!

Um beijo enoooooooorme da Maria Mamede
Voltarei, prometo.

11:31 am  
Anonymous oteudoceolhar said...

Bem, bem que volta vais tu dar ao texto...opá o Eduardo está tão bonitinho assim apaixonado pela Luísa :(. Querem lá ver que ainda o pobre se apaixona pela freira que não é freira. Bem a ver vamos. Beijinho Isa n´oteudoceolhar (venha a continuação e no fim quero uma cópia autografada;)). Obrigada pela visita e pela força...n tem estado fácil as dores parece que me amam mais a mim do que eu a elas...

2:01 pm  
Blogger Vanda Baltazar said...

:) a gente vê-sepor aí :)

sempre :)

Van

2:57 pm  
Blogger isa xana said...

bem, grande historia se está praqui a desenrolar


*

3:38 pm  
Blogger Sofia said...

....eu vou lendo.....

3:58 pm  
Anonymous Carla said...

Continuo a gostar... beijinhos

5:19 pm  
Blogger an ordinary girl said...

Olá!!
Obrigada pela visita e pelos comentários em meu blog!!
Que pena eu ter chegado tão tarde aqui, a este espaço!!
Mesmo assim, vou ler com atençao e tentar compreender esta história que já vai longaaaaaaaaa.
Beijinhos.

5:43 pm  
Anonymous Anonymous said...

Olá, Isa!
É sempre com muito interesse que vou saboreando a magia das palavras. Novos encontros, possíveis amores... Caminhos que se cruzam... Nada é por acaso. Vamos ver o que o futuro lhes reserva neste mar de sedução e intriga.
Beijinhos.
REGINA (Ilha do Pico) 27.Jun.2006

6:11 pm  
Anonymous In loko said...

Muito suave e sentimental esta parte 41. É verdade sim, que as pessoas podem envolver-se sentimentalmente, por amizade, neste caminho larguíssimo que e a Net. Fazem-se confidências por aqui que muito dificilmente se faz ao conhecido, ao vizinho e até ao amigo.E, claro, encontros é banal já! Vocês escrevem bem, leio-vos com bastante agrado! Beijinho Isa, abraço Luis

5:14 am  
Anonymous Fallen Angel said...

Passo aqui apenas para deixar um enorme beijinho para os meus amigos.

10:26 am  
Anonymous Mily said...

Lindo o gesto de Eduardo de colocar uma rosa ao lado da foto da Luísa. Gesto simples de grande significado. Também gostei da forma como foi narrada a conversa dele com o anjo_selvagem. Um bonito capítulo esse de agora.

No aguardo do desenvolvimento de tão emocionante história, deixo beijos, sorrisos e flores para enfeitar o teu dia.

3:43 pm  
Blogger Luisa said...

Não tenho tido tempo para vir aqui regularmente (pelo menos às sextas feiras) mas não queria deixar de agradecer a visita ao meu blog

4:05 pm  
Anonymous Elsaaaaa said...

Olá e obrigada pela visita ao meu blog, eu vim retribuir e foi com agrado que me debrucei linha a linha sobre a história que nos alimenta e desperta a curiosidade...Voltarei para saber o desenrolar. Até lá continuação de tudo bom. Disseram salvo erro que me "conheceram através dos ecos do tempo, e foram ter ao meu outro blog: http://EEstaHeim.blogs.sapo.pt, mas já agora relativamente diferente dos temas que aborda, pois tem por pretenção fazer rir, apresento-lhes o meu outro: http://ritmos.blogs.sapo.pt

5:16 pm  
Blogger A Cor do Mar said...

Amei esta ROSA
Deixo-te um beijinho e abraço apertado ***

1:05 am  
Blogger Rui said...

E mais? :)

11:09 am  
Blogger Betty Branco Martins said...

Olá Isa

A vossa história (d´amor) com requinte de bem-escrever, tem frases muito inspiradoras, à medida que se vai lendo - algumas ficam: "O amor por vezes já existe dentro de nós sem o sabermos"....

É uma pura verdade.

Beijinhos com carinho

1:06 pm  
Blogger Luar said...

Estou a gostar da história e espero q o próximo capitulo seja para breve.

Abraço

1:46 pm  
Blogger Nilson Barcelli said...

Contiunoa a ler e a gostar.
Beijinhos e abraços.

4:55 pm  
Blogger margusta said...

Venho deixar um doce beijinho e agradecer a simpatia e ternura que sempre me deixas ficar...
Tenho que colocar esta leitura em dia...ai o meu tempo :(((

1:48 am  
Blogger oteudoceolhar said...

Hummm! miga cheira-me que vais de fim de semana;) esse cheiro a maresia ai nem me digas :)...Vai sim miga ou melhor vão sim namorem muito e aproveitem bem:)...Cuidado com o sol;). Jinhos grandes n´oteudoceolhar que venhas inspirada...

12:59 pm  
Anonymous Maria said...

Isa e Luís a estória está bastante interessante! Beijinhos.

4:56 pm  
Anonymous Anonymous said...

That's a great story. Waiting for more. video editing schools

7:41 pm  

Post a Comment

<< Home