Name:
Location: Portugal

Friday, June 30, 2006

Virtual Realidade Parte 42


Eduardo continuou no computador. Foi seguindo as conversas no canal e de vez em quando metia-se nelas dando as suas opiniões. Também ia fazendo pesquisas sobre máquinas fotográficas digitais, pretendia comprar uma, e ia visitando alguns blogs que gostava de ler por os achar bem escritos ou por tratarem de assuntos sobre os quais gostava de reflectir.
O tema actual era sobre um assunto muito polémico que vinha apaixonando as pessoas, de algum tempo a esta parte, tanto em livro como no cinema e levava a que algumas delas colocassem as suas opiniões, mais ou menos fundamentadas, num blog, e que era o Código da Vinci.
Poderia deixar o seu comentário nalguns desses blogs, mas o que pensava sobre o assunto era demasiado vasto para poder ser traduzido em poucas linhas.
Naquele momento estava sozinho e uma ideia começou a sugerir-lhe na mente; também ele gostava de escrever e tinha sempre assuntos polémicos para discutir e mostrar a sua maneira de pensar e estar. Quem sabe se não criaria um blog ou iria mais longe editando um livro? Abriu o Word e começou a escrever:

(Quem achar erradamente que a maldade dos homens nasce com eles não deve ler o que se segue porque não será capaz de compreender.

Código da Vinci versus Bíblia
.
Eu não tenho qualquer interesse em atacar ou defender qualquer dos livros, Bíblia ou Código da Vinci. Penso que só a descoberta da verdade objectiva e a aceitação dessa verdade por todos os homens conseguirá tornar o mundo melhor. E isto é a única coisa que me preocupa.
Ora a verdade não se encerra na bíblia nem no Código da Vinci, nem nas religiões nem nas filosofias, nem a ciência a descobriu toda ainda.
Não podemos negar, no entanto que a ciência é o único caminho honesto para chegarmos lá e já há bastantes estradas abertas…
Eu começaria pela compreensão de como a alma humana funciona socorrendo-me das descobertas mais objectivas que até agora foram conseguidas nesse campo e que têm sido relegadas para o esquecimento porque a maioria luta ferozmente por manter o status-quo.
Refiro-me concretamente às descobertas da psicanálise com Freud e depois às de Reich com a vegetoterapia e a análise do carácter.
A etiologia das neuroses humanas não deixa dúvidas quanto à sua origem na educação negadora da sexualidade. Todos os psicanalistas o sabem. Quando Reich curava uma neurose a pessoa em causa, por muito religiosa que tivesse sido antes, deixava de acreditar em deus.
Então porque razão, alguém um dia inventou um deus?
Ou, por outras palavras, quem surgiu primeiro: a repressão sexual que originou a necessidade de um deus, ou um deus que proíbe o amor físico mesmo tendo criado o homem e a mulher extraordinariamente bem equipados para o efeito, criados aliás, segundo se diz, à sua imagem e semelhança?
Como se resolve esta contradição? Será do interesse de alguém que as crianças venham sofrendo este tipo de educação à milhares de anos?
Esta é a origem de todo o mal no mundo e de não se poder confiar nos homens da nossa civilização.
Compreende-se assim que as religiões tratem a sexualidade como coisa suja, pecaminosa, criando desse modo o medo e a angústia nas pessoas, o que as leva a continuarem presas à religião como paliativo. Por isso desacreditaram Freud e perseguiram Reich que ao tentarem libertar a humanidade de uma sexualidade neurótica levariam à destruição dos poderes e interesses estabelecidos. É também esse o motivo pelo qual as religiões reprovam o uso de métodos anticoncepcionais e condenam a prática do aborto.
Baseado nisso e em experiências feitas por mim, se deixarmos uma criança desenvolver-se livremente, respeitando integralmente as suas tendências, as suas necessidades naturais, estaremos a dar origem a alguém semelhante a Cristo em matéria de comportamento na vida.
Por isso Cristo foi morto porque era um elemento perturbador.
Por isso as crianças são lindas quando nascem, até pouco tempo depois quando a educação repressiva, cheia de regras contrárias à sua natureza, se começa a fazer sentir.

E isso relega-nos para o Código da Vinci quando refere que Cristo terá tido uma vida sexual perfeitamente normal, o que não me custa a acreditar. Ninguém, mesmo que pouco afectado nalguma das suas funções biológicas naturais, teria um comportamento humano e social como Cristo foi capaz de ter. Ele era um homem são em todos os sentidos e a sexualidade dele não era pornográfica como a daqueles a quem repugna pensar que Cristo possa ter tido relações sexuais com as mulheres. E uma dessas mulheres pode ter sido Maria Madalena. Admitir o contrário é dar à mulher o estatuto de coisa reles, suja, pecaminosa, como a igreja católica sempre fez ao longo de toda a sua história.
O homem comum considera que uma relação sexual é foder. Um homem como Cristo não fode, simplesmente ama. O homem comum não é capaz de amar. A diferença entre amor e foda só poderá ser compreendida por alguém que não tenha sido afectado pela moral sexual repressiva.
Assim é notório que a igreja mistificou a figura de Cristo, no sentido de o assexualizar, com o fim de justificar a repressão da função sexual natural para desse modo poder controlar o rebanho.
É sabido há milhares de anos que a castração dos animais os torna mais dóceis para o trabalho.

Todas as funções do nosso corpo são divinas no sentido em que foram criadas por deus.
Parece que estou a contradizer-me não é?
Então em que ficamos: deus existe ou não?
Voltaire ao ler a bíblia no original aramaico descobriu que, ao contrário das traduções oficiais do seu tempo, no livro do Génesis não se dizia «No princípio deus criou o céu e a terra» mas sim «No principio os deuses criaram…». Deve ter sido esse o motivo da frase dele: «Eu não acredito no deus que os homens criaram, mas acredito no deus que criou os homens». Essa é também a minha resposta à pergunta anterior.
E assim quem quiser comentar ou interpretar a Bíblia, deve lê-la no original ou em traduções de confiança. Será que as há?
Todo o mal que lamentamos todos os dias ao saber as notícias mundiais tem a ver com a repressão da sexualidade infantil.
Conseguem explicar como é que um homem é capaz de ordenar a milhares de outros homens, lúcidos e conscientes, que cometam crimes do género de chacinar uma outra raça humana?
Como se explica essa obediência cega? A mesma obediência que se manifesta quando um treinador de futebol manda colocar bandeiras nacionais nas casas e nos carros das pessoas que são fácil e eficazmente manipuladas sem sequer se darem conta dos motivos porque procedem assim.
E obedecem, obedecem sempre!
A irracionalidade humana chega ao ponto de se fazerem promessas aos deuses por uma vitória no mundial de futebol…Somos tão infelizes!
Esta tendência para obedecer só se explica porque a estrutura psíquica humana foi «educada» nesse sentido, pela negação da sexualidade natural. Mesmo quando se recusam a obedecer é ainda por motivos neuróticos que o fazem, como no caso da desobediência às regras de circulação rodoviária, que só cumprem por receio da repressão policial e quase ninguém por razões de ordem racional.
As religiões sempre apoiaram este tipo de educação. Se não o fizessem ficariam sem clientes.
A discussão entre quem está certo, a bíblia ou o código é perfeitamente estéril se nos restringirmos ao que cada um diz. Temos de ir muito mais longe.

Falam muito em mitos, mitos dos outros, e baseiam-se num mito para apoiarem as suas opiniões: o mito de que as traduções da bíblia são fiéis ao original. É um mito como qualquer outro.
A maior parte do que eu disse foi baseado em descobertas científicas, evitando dar muitas opiniões pessoais.

No livro «Coming of Age in Samoa» de Margaret Mead, publicado em 1928, baseado em trabalho de campo sobre adolescentes numa sociedade sexualmente não repressiva, vê-se como todos os males que deploramos existirem no nosso meio são simplesmente desconhecidos naquele. Os ataques de que o livro foi alvo, depois da morte da autora em 1976, apenas vieram provar que as conclusões extraídas do estudo estavam absolutamente certas.
Se os nossos educadores aprendessem com esses estudos que esperança haveria para os impérios ocidentais?
Os actuais senhores do nosso mundo deixariam de ter lacaios para lhes multiplicar a riqueza e o poder, e a fome no mundo passaria a ser um pesadelo do passado, curiosidade histórica cada vez mais longínqua.)
Eduardo acabou de escrever este texto, o primeiro para colocar num blog que iria criar em breve. Outros se lhe seguiriam porque o que lia noutros blogs preocupava-o muito, na medida em que via que o mundo continuava a ser governado pelos mortos.

Continua...

54 Comments:

Anonymous tb said...

Aplaudo de pé, o escrito do Eduardo e já agora, ver se ele me dá o endereço do blog...gostaria de lá deixar um comentário. (risos)
Preocupações sociais sérias e importantes levantadas, pois que de vida e vivências trata esta bonita história.
Beijinhos e bom fim de semana

7:50 pm  
Blogger soli-arte said...

gostei.
neste capitulo os "meus amigos"continuam a me surpreender.
Continuem. beijos

10:36 pm  
Blogger azoriana said...

Gostava de ler o comentário de um seguidor de Deus ao texto do Eduardo. Isso bastava-me, porque eu não consigo comentá-lo. Gostava de ler um texto do Eduardo sobre o porquê os problemas actuais da humanidade. Não será porque os homens estão a afastar-se de Deus?!
Concordo com esta parte do texto: "O homem comum considera que uma relação sexual é foder. Um homem como Cristo não fode, simplesmente ama."

1:12 am  
Anonymous furta_cores said...

"um deus que proíbe o amor físico mesmo tendo criado o homem e a mulher "

Conheço um pouco de várias religiões e em particular do Cristianismo, não reconheço esse deus.

Será que fui eu que interpretei mal ou será que é o Eduardo que afinal não está assim tão bem informado?

1:21 am  
Anonymous Filipe Freitas said...

Código da Vinci... sempre polémico para muita gente...
Haverá razão para isso ? !...
Um bom fim de semana.
Beijinhos.

4:16 am  
Blogger MoonLight said...

Bem... parece-me que este capítulo vai ser polémico... lol... Quando aceitarmos todos que somos perfeitos tal e qual somos e que vivemos num mundo perfeito em que todos cabemos e podemos coexistir em harmonia... todas as guerras, todos os "males" deixarão de fazer sentido!
O Universo é grandioso demais para nos perdermos com discussões fúteis sobre que religião ou que livro é melhor que outro. Tal como está escrito no texto, temos de ir muito mais longe!
Parabéns mais uma vez! Espero pelo próximo capítulo. Bjs de Luz

10:21 am  
Blogger lena said...

Isa e Luis, meus queridos amigos, hoje o romance tocou num ponto muito discutido e polemico e claro adorei ler a continuação do vosso romance

concordo com o "Eduardo" no que se refere ao crescimento da criança, ela não necessita de histórias de lobo mau ou canções da carochinha, precisa de crescer em verdade e cada vez as nossas crianças sentem essa falta de acompanhamento, a fantasia é um mundo encantado, mas não ensina nada, é preciso dar atenção e estar lá em todos os momentos, deixando descobrir e procurando estar presente no momento da explicação, as crianças são puras e conseguem entrar facilmente na nossa maneira de as conduzir, a verdade é a melhor maneira de fazer delas crianças felizes para se tornarem adultos realizados, quanto ao Código da Vinci li o livro e vi no cinema, embora o livro me tenha "tocado" mais
sobre ele questionar é saudável, não existe verdades absolutas, o homem evoluir quando questiona
penso que Cristo adoraria ter lido o livro
sobre sexualidade sou muito aberta nesse assunto e para mim nem sequer vou discutir o relacionamento entre Cristo e Maria Madalena, era um homem, respeito as opções de cada um e a liberdade começa pelo respeito
o livro de Brown, Dan não é nada do que já não se tenha falado, baseia-se em coisas estudadas por historiadores e escreveu, polemico, para quem não tenha lido mais nada

continuem, adoro vir ler-vos, entrar e acompanhar passo a passo o desenrolar deste romance

parabéns pelo conteúdo que hoje nos deixam

espero por mais como sempre

para os dois beijinhos muitos e o meu abraço sempre amigo que ultrapassa esta virtualidade

lena

2:12 pm  
Anonymous bitu said...

Olá amiga, não passava aqui há algum tempo mas o tempo tem sido pouco e hoje venho ler as últimas e deixar um carinho grande. Bom fds e boas férias.
"Há pessoas cometas e há pessoas estrelas. Os cometas passam, as estrelas permanecem. O importante e ser como as estrelas.Permanecer.Clarear. Ser luz.Estar presente.Ser calor.Ser vida. Ser amigo é ser estrela." Beijo

5:48 pm  
Blogger Kalinka said...

OLÁ AMIGOS
Hoje vim visitar-vos, dei uma escapadela enquanto estava a decorrer o jogo entre a Inglaterra e Portugal, mas depois da vitória fui para a rua gritar, pular e brincar com a minha neta, que andava abismada com tanto barulho e animação nas ruas...
Agora, quero agradecer todas as vossas visitas ao meu kalinka, precisamente na fase mais difícil que já está 60% ultrapassada, mas...ainda falta um pouco...é preciso ter Fé e paciência. Beijos

8:22 pm  
Blogger Papoila said...

Olá Isa e Luís:
Hoje deliciei-me com o primeiro artigo do Eduardo para o blog que vai criar.
Deliciei-me e estou de acordo. A sexualidade é assunto muito mal tratado em todas as religiões e continua a ser assunto tabu na educação. A discussão sobre a quem deve caber o seu ensino, ainda não está de todo encerrada.
Parabéns ao Eduardo.
Beijo

10:26 pm  
Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Tema polémico este...
Para mim Jesus Cristo foi provavelmente a maior figura da humanidade. Esta afirmação é feita em perspectiva global, independentemente da se ter fé ou não. Para quem a tem, que acredita tratar-se do Filho de Deus, Ele próprio Deus, basta retirar o "provavelmente". Foi o Homem que mais modificou o nosso mundo. Lançou os fundamentos da Ética moderna, respeitada mesmo pelos agnósticos e ateus. O próprio marxismo, com preocupações de justiça social, é inspirado na Ética Cristã. Jesus lançou o que se chamaria hoje a "Lei de Bases da Ética".
Propôs a modéstia, a simplicidade, a dedicação ao trabalho, a justiça social, a clemência, o amor ao próximo, a ausência de retaliação, de orgulho e de rancor, a solidariedade, a honestidade material e mental e tudo quanto todos sabem.
Sobretudo, a primazia dos bens espirituais sobre os materiais.
Beijos e abraços.

10:53 pm  
Blogger Luisa said...

Obg pela visita ao meu blog. É como dizes, os marcos do correio despertam em nós aquelas recordações duma carta desejada e duma resposta que não sabíamos qual o efeito que teria...

12:57 am  
Anonymous In loko said...

Que excelente tema o Eduardo se lembrou de reflectir, opinar e desenvolver. Eu pessoalmente acho que o código da vinci tem muito de verdade; filosoficamente falando, e na esperiência da vida experimentada (vivida, que dói muito ou não). Mas pormos a sexualidade, reprimida ou não, no centro dos dilemas do homem/criança, parece-me absurdo! É como se se dissesse que a grandeza da raça humanóide ficasse cinjida a um ponto: a sexualidade! Tudo o resto que faz do homem/criança uma raça extraordinária: os sentidos, a intuição, os cálculos, a observação, a meditação, etc, etc, fossem coisas secundárias, sob o domínio da sexualidade! Não creio que seja assim. E mais, já imaginaram as crianças a continuarem a viverem completamente as suas tendências naturais, DADAS PELA SUA NATUREZA "primeira" dos primórdios dos tempos? Então não foram evoluindo? Tanto sexualmente, como socialmente, como hierarquicamente, antes de Cristo? Ou seja, não foram educadas e orientadas em muitos aspectos da sua personalidade e conduta antes da religião cristã? Sabem o que dizem os registos sobre a sexualidade antes da ERA cristã? Eduardo, o melhor é pegares em alguns livros antiguinhos!... Excelente tema este, mas não tenho mais tempo... Beijinhos Isa abraço Luis

7:57 am  
Blogger XannaX said...

Bravo! Acho fantástico vcs irem aproveitando o romance para reflexões tão importantes e actuais! E fazem-no de forma natural, sem se sentir que seja forçada a introdução do tema...
(concordo profundamente com a v. opinião sobre Cristo e a posição da igreja sobre a sexualidade)
beijinhos

2:50 pm  
Anonymous Isa said...

Olá, cá estou eu para ler mais um capítulo desta história que já não posso perder. O tema abordado hoje é bastante interessante e continua sempre a ser polémico e actual.
Como ando um pouco atrasada nas minhas leituras só agora estou a começar a ler o Código da Vinci…
Isa, obrigada pelo poema que deixaste no meu cantinho, adorei!
Um grande beijinho a ambos.

3:21 pm  
Blogger Isa Calixto said...

O Código da Vinci, continua a dar que falar...li o livro, vi o filme...já tive oportunidade de dizer (num outro blog)que o livro foi um policial bem conseguido, o filme não deixou de lhe ser fiel...quanto ao resto, penso que existiu demasiada publicidade...daí a polémica gerou sucesso, a ambos...tantos códigos, tão poucas vontades...dava pano para mangas, cada cabeça sua sentença...
Quanto ao Eduardo, não lhe conhecia os dotes...mais um amigo na blogosfera :)...

Boa semana
Beijinhos, de mais romance fico à espera...

12:21 am  
Anonymous angel said...

Diga a alguem aquilo que você quer!
Não tenho medo... a vida é tão curta...
Sem que se perceba o ano termina e a vida passa!!
Algumas vezes, vem uma vontade louca de dizer a alguém o quanto a gente gosta desse alguém, o quanto é importante!

Pode ser só uma vontade de dizer... te gosto!.
desejo a vc uma ótima semana de muita paz e muita luz bjs no seu coração.

12:46 am  
Blogger Mag said...

Os meus parabéns por mais um capitulo tão bem construido e tão interessante pela actualidade dos temas abordados, assim como pela reflexão pertinente.
Uma boa semana e cá fico à espera do próximo :-) Beijinhos!

2:12 am  
Anonymous Ane said...

O Eduardo falou e disse!Concordo com o texto.E adorei o encontro dele com Sara,o mundo é muito pequeno!bjos!

3:44 am  
Blogger Velutha said...

Código Da Vinci, um dos meus livros preferidos. V~e no meu profile. li o teu post e gostei da tua escrita. voltarei.abraço

10:10 am  
Blogger Vanda Baltazar said...

...o Mundo só é governado pelos mortos quando os vivos desistem...


e eu sou...
pela não desistencia! :)

Muito giro o vosso post!

Força!

um beijo (partilhado como sempre)

;))


Van

11:18 am  
Blogger maresia_mar said...

Olá meus amigos,
gostei muito deste capítulo, embora diferente dos anteriores, pois trás à baila um tema muito actual e controverso. Muito se tem falado deste livro e do filme, eu li e vi e francamente para mim não passou de um romance, melhor escrito que em filme. As minhas convicções e crenças ficaram inalteráveis.
Fico à espera do próximo.. Bjhs e boa semana

11:46 am  
Anonymous oteudoceolhar said...

BEMMM...fiquei sem palavras. Tens aí algum Eduardo para mim;)? É que quem escreve assim não é gago. ADOREI...Há uma coisa que ainda não entendi...que parte é que aqueles que estão contra a obra do Dan Brown não entenderam?...Será que não há uma definição para a palavra romance/ficção? ok mexe com valores da igreja valores esses de grande importância...estou como o Eduardo seria demasiado extenso um comentário bem mais pensado....Do ponto de vista histórico para mim enquanto leitora assidua de livros dos templarios, priorado do sião, ou a busca do graal (os N livros que existem)...ou até mesmo obras ao nível da investigação histórica (visto que fiz o curso de história), são assuntos que me seduzem temas que me cativam...ainda assim limito-me a ter uma opinão muito própria...não há uma verdade absoluta e universal...a verdade que tantos procuram encontrar para mim nunca será encontrada...porque ou não existe, ou está dentro de cada um de nós...ou então está tão á nossa frente que não a conseguimos ver;). Tenho a minha crença e a minha fé...acredito num ser superior que comanda o universo, acredito que nada acontece ao acaso...acredito que há concidências...acredito em muita coisa...Acredito em voçês que logo pela manhã já me fizeram pensar ;)...e eu estou preguiçosa e secalhar só disse disparates :) *** Que tal esse fim de semana? Bem o meu transformou-se de forma positiva AMÉM...Beijinho n´oteudoceolhar (Depois quero saber qual o blog do Eduardo lol;))

12:13 pm  
Blogger alfazema said...

Gostei muito deste post. Li o livro e outros que se lhe seguiram logo que foram publicados.Sou católica mas não me custou aceitar as ideias expostas por Dan Brown. Claro que há uma questão de fé para aqueles que aceitam indiscutivelmente os dogmas e não permitem que alguém que tenha uma opinião diferente.
Um beijinho

2:20 pm  
Anonymous Pedro said...

gostei

6:01 pm  
Anonymous Nanci said...

Felizmente pude estar aqui...foram dias sem PC.
Muitas vezes percebemos amar qdo o alguém faz falta e vem a saudade, o peito aperta...Eduardo assim percebeu seu amor por Luísa...
Ref cap 42, interessante, inteligente...Tive oportunidade de ler O Código, as idéias de Dan podem assustar uns e outros porém, vale refletir sobre todo seu contéudo...Cristo antes de ser um Ser Iluminado, sempre foi homem, homem que chorou, amou, apaixonou-se(acredito eu)....
Salva de palmas, parabens pelo brilhante post!!!

BEIJOS/ABRAÇOS

9:48 pm  
Blogger Nilson Barcelli said...

Continuei a ler e, desta vez, assisti a uma derivação, aparentemente para o exterior da história.
Gostei deste parêntesi.
No essencial concordo o que escreveram sobre o Código da Vinci.
Para mim, quer o livro quer a doutrina da Igreja Católica, que não a de Cristo, são equivalentes, porque são ambas romanceadas.
Continuem.
Beijinhos para a Isa.
Abraços para o Luís.

10:03 pm  
Blogger Pedro Melo said...

Olá! Estou um bocadinho atrasado mas já recuperei a historia... :)

Continuo a adorar... parabens por este cantinho "virtual"....

:)

10:11 pm  
Blogger Velutha said...

Gostei muito deste comentário. Li o livro e concordo em absoluto com o que nele está dito.
Beijo

10:11 pm  
Blogger margusta said...

Obrigada pelas visitas sempre tão simpáticas :)))
Beijinhos para os dois!

11:33 pm  
Anonymous Nylda said...

Olá Isa...
"Nunca deixe de abrir uma nova porta.
Por ela podem entrar amigos inesperados,
amores verdadeiros, aventuras inesquecíveis...
E não se esqueça principalmente,
de manter a janela bem aberta.
Ela trará, ao fim de cada dia um lindo "pôr do sol".
Uma semana iluminada é o que te desejo.
Beijos e um sorriso.

3:27 am  
Blogger Rosmaninho said...

Isa&Luís

Tudo o que é demasiado publicitado desencanta-me quando o leio ou o vejo.
Código da Vinci nada me trouxe de novidade.
Jesus Cristo, Maria Madalena... homem e mulher... de certeza, não castrados...
Amaram e são exemplos de Amor!
O Eduardo surpreendeu-me positivamente...

~*Um beijo*~

11:49 am  
Anonymous Pedra da Lua said...

Lá venho eu mais uma vez de raspao e sem poder ler o empolgante capitulo...o tempo continua a escassear... mas mesmo assim nao podia deixar de agradecer todos os comentarios, saber como estao e deixar aquele jinho lunatico q só a lua deixa;)

3:04 pm  
Anonymous Sindarin said...

Olá meus queridos amiguinhos! Obrigada pela visita e pela amizade. Bem...li (ñ vou dizer k li com atenção redobrada, porque tenciono fazê-lo de novo)mas adorei o que compreendi à primeira leitura e concordo. Eu tb acho que Cristo foi morto por ser um elemento perturbador, que teria sem dúvida porventura uma vida sexual e vou ficar por aqui, porque estou completamente extasiada com tal texto k achei simplesmente maravilhoso e porque ñ consigo parar de escrever digo-vos só...está espectacular. Um bj e um grande abraço (volto logo para seguir o Eduardo)

6:33 pm  
Blogger A Dread said...

Olá Isa e Luis, vim até cá te vos visitar e trazer-vos beijinhos aos dois.

8:26 am  
Blogger an ordinary girl said...

olá

Gostei muito de vos ler
Apesar de ter o livro não o li.Nem vi o filme. Na verdade, só agora depois de ler este post fiquei com interesse pelo Codigo da Vinci.

um beijo, para ambos
(emendo: dois beijos)

11:28 am  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

Adoro passar por aki
beijinhos

4:37 pm  
Anonymous Mar said...

O Eduardo é uma surpresa! E vcs cultivam essa surpresa. Extraordinária reflexão!
boa semana
beijinhos

6:12 pm  
Blogger Alexandra said...

Li as duas numa única vez!! Desapareci mas, não me esqueci! Continua fantástico. Esta última parte está magnífica, todo o material usado para a elaboração deste texto se encontra dentro de uma verdadeira realidade. O ponti de vista defendido está, quanto a mim, MAGNÍFICO!

PARABÉNS e, fico à espera do seguimento.

Beijinhos para ambos

2:59 am  
Anonymous Regina said...

Querida Isa!
Quando almas se encontram e se sentem irmãs não há nada mais delicioso! A química da amizade influência o nosso destino, nos torna "passageiros" felizes na passagem desta terra!
Beijinhos
Regina

11:45 am  
Anonymous segundavida said...

Com tudo isto, a culpa foi da Eva, que comeu a maçã...rs rs rs, se não fosse assim, viviamos todos na grala de deus, todos nusinhos da silva(tirando no inverno claro) a partir daqui, o homem passou a viver em pecado. O "Eduardo" focou aqui o tema da sexualidade na religião católica cristã e eu concordo com as suas ideias, aliás, também são as minhas. Porquê os padres não poderem optar pelo casamento, se a maioria dos profetas foram "casados" e viveram com uma mulher!? Só vi o filme " Código Da Vinci", não li o livro e muitas feridas foram reabertas. Um bom artigo o do Eduardo, esperemos pela continuação. Um abraço.

12:17 pm  
Anonymous collybry said...

Muito bom tema e bem complexo,
muitas são as intrerpretações,de um Só DEUS, lei uma Universal existe...de causa e efeito, tudo o resto é a meu ver utopico e venda de crenças,
Deixo meu olharindiscreto com meu esvoaçar...
Cõllybry

4:18 pm  
Anonymous Maria said...

Neste mundo existe a mentira e a verdade! É FANTÁSTICO QUE A VERDADE E A MENTIRA SE CONFRONTEM SEJA DE QUE FORMA FOR... Devemos ser imparciais e ouvir todos e buscar a verdade que é bem evidente!" COMO DIZ O ALEIXO: PRA MENTIRA SER POSTA E ATINGIR PROFUNDIDADE TEM QUE TRAZER Á MISTURA QUALQUER COISA DE VERDADE! PARABÉNS PELO TEXTO ESTÁ ÓPTIMO! BEIJINHOS PARA A ISA E LUIS.

4:54 pm  
Blogger maresia_mar said...

Isa,tens uma surpresa no meu blog... Bjhs e bom fds

5:28 pm  
Blogger Adryka said...

Tu és uma excelente escritora, para quê comprar livros se vir cá ler-te é fantástico, adoro os teus posts é puro romance e de excelente qualidade. Bj

8:22 pm  
Blogger margusta said...

"Um ano depois"

Isa &Luis...deixo-vos um abraço intemporal....

9:30 am  
Anonymous gaivotadaria said...

Olá Isa, este tema de ficção dá que pensar, todas as hipoteses são possiveis a mim não me incomoda nada que Jesus Cristo tivesse tido relações sexuais, talvez essa hipotese tivesse aproximado mais as pessoas dele e dos seus propositos porque o facto de se saber que uma pessoa especial em sentimentos não deixa de ser um ser humano quem sabe contribuiria mais para um pensamento mais saudavel, mais limpo. Considero amarras quando uma pessoa quer fazer algo e é impedido por normas impostas por homens. Questões culturais, interesses atrás destas questões...enfim...

10:07 am  
Anonymous bitu said...

Dou-te toda razão no comentário k deixaste. É preciso ter coragem para terminar o k ñ está bem.
Quanto ao teu tema, este é um dos mais polémicos....religião...não sou muito crente...
Beijocas e bom fds. Bj a madrinha e continuação boas ferias

11:15 am  
Anonymous lique said...

No que respeita á repressão sexual que é exercida por algumas religiões, estou genericamente de acordo, ainda que não me pareça ser a fonte de todos os males. Muita gente, nesta civilização sexualmente repressora, sabe a diferença entre o amor e uma foda!
Quanto ao Código da Vinci, aguardo a continuação, já que li o livro e vi o filme.
Beijos

12:08 pm  
Blogger Vanda Baltazar said...

ha revoltas de pedras e de pimentos :)

sem sardinha.

um beijo para voces, bom fim de semana!

Van

2:59 pm  
Blogger XannaX said...

Creio que me não me fiz entender. O que eu quis dizer é que concordo com a v. posição sobre o entendimento que a igreja faz sobre a sexualidade e sobre muitas outras coisas tb Luis. Ou seja, tb não concordo com a posição da igreja sobre a sexualidade. agora creio que fui explicita. Beijinhos.

12:26 am  
Anonymous Anonymous said...

Very nice site! Super million hair skin care products Boating&aposs Dishwashers canada consumer ratings vardenafil home moving companies in cincinnati2cohio Info on the 1996 olympic basketball dream team antidepressant zoloft dosage Cover mobile n500 phone uk basketball team http://www.basketball-17.info/Aau-basketball-albany-ny.html St. pauls academy basketball Butalbital 2.5 Federal school loans and scholarships

6:52 am  
Anonymous Anonymous said...

Keep up the good work http://www.kia-dealerships.info/Wellbutrin-sr.html prince of tennis ryome Free application for merchant account Venlafaxine andnot effexor efexor Phuket hotel deal ebony hairy porn Macroeconomics and accounting wellbutrin and muscle weakness Scholarships to private schools Maternity clothes sale. Mochi maker + appliances Cingular wireless cellphone plans Microsoft com at home security protect default aspx Medications zyrtec What does nexium do wellbutrin xl highest suggested dosage

10:11 pm  
Anonymous Anonymous said...

Mate. Este blog é incrível. Como posso fazer com que pareça tão bom?

2:36 pm  

Post a Comment

<< Home