Name:
Location: Portugal

Friday, July 28, 2006

Virtual Realidade Parte 46


As avenidas eram muito largas e ladeadas de grandes árvores e os prédios muito característicos, revestidos com azulejos, talvez por causa da neve no Inverno num clima continental de extremos violentos: Vitoria-Gasteiz, com os seus 230 mil habitantes, capital de Euskadi, o País Basco por decisão do Parlamento Basco de 20 de Maio de 1980, foi uma cidade gótica, renascentista, barroca, neoclássica e romântica. Hoje abre-se aos tempos modernos com urbanizações mais arrojadas. Num folheto fornecido pelos serviços do turismo sobre a história da cidade Luísa e Rita puderam ler o seguinte: « Un rey navarro, Sancho VI el Sabio, fundó Nueva Victoria sobre la colina de Gasteiz en lo más alto del Casco Medieval y le dio carta de población en 1181. Concebida en principio como fortaleza defensiva, pasó en 1200 a la corona de Castilla, conquistada por Alfonso VIII que la dotó de su primer ensanche gótico en la ladera Oeste. Alfonso X la extendió en 1256 hacia el este con nuevas calles gremiales. Fue importante su aljama judía antes de la expulsión ordenada por los Reyes Católicos. Con Juan II obtiene el título de ciudad en 1431.»
─ Vamos entrar neste restaurante Rita? Está com bom aspecto. Vamos dar uma olhadela na ementa, pode ser que tenha algo que nos agrade.
─ Achas? Não sou muito fã da cozinha espanhola. Mas também tenho que me habituar, não é? Vou ter muitas saudades é da tua deliciosa comida.
─ E eu da tua. Já fazes umas receitas muito boas, apesar da simplicidade.
─ Eu sou muito prática, não gosto de levar muito tempo na cozinha. Sabes bem que cozinho por necessidade e não por prazer. Eu sei que cozinhar é também uma arte, mas não para mim. Agora Sandrine adora fazê-lo e raramente tem essa possibilidade, pois a vida dela não o permite.
Entraram no restaurante. O maitre deu-lhes as boas vindas e acompanhou-as à mesa. As mesas estavam cobertas com toalhas vermelhas, jarras com flores davam uma aura de Primavera ao ambiente.
Olharam para a ementa tentando descobrir o que aqueles nomes queriam dizer.
─ O que achas de perguntar ao empregado o que nos aconselha a escolher? Quero provar algo desta região.
─ Acho uma óptima ideia.
O empregado de mesa, com um sorriso nos lábios, sugeriu:
─ Entre los más destacados se encuentran los perretxikos (también llamados setas de San Jorge), base de uno de los sus platos más típicos. Te recomendamos que pruebes también las ‘habitas a la vitoriana’, los ‘caracoles a la alavesa’, las ‘patatas a la riojana’ o las ‘pencas de acelga rellenas’. Como segundos platos puedes decantarte por un buen pescado, cochinillo asado o platos de caza, como la ‘codorniz estofada’. Como postres tienes la ‘tarta Gasteiz’, los ‘goxuas’ o las ‘trufas vitorianas’, entre otros dulces.
─ Gracias pela ayuda. O que vais comer Rita? Eu vou para os cogumelos e cordoniz estufada. Depois uma tarte Gasteiz.
─ Sinceramente nao sei. Mas acho que podemos repartir. Afinal tomamos o pequeno-almoço há pouco tempo.
─ Boa ideia.
Estavam a deliciar-se com o almoço e com uma conversa bastante animada,quando o telemovel de Rita começa a tocar.
Rita olha para o visor, sorri para a mãe e diz:
─ É o pai. Vou para um sitio mais calmo, está aqui muito barulho.
Luisa pensa que também ela tem uns telefonemas a fazer, não esquecendo a Cristina; está muito preocupada com ela. E ansiosa por saber se o Eduardo tinha descoberto algo sobre o misterioso Rui.
Rita finalmente regressa com um ar feliz.
─ Sempre era o teu pai?
─ Sim, eu contei-lhe da nossa viagem, onde estamos agora e ele desejou-me muitas felicidades.
─ O teu pai adora-te apesar de tudo.
O almoço terminou com um delicioso café. Ficaram muito sastisfeitas. Luisa naquele momento preferia mais uma sesta do que um passeio.
Em espanha estão habituados a fazer a siesta. Los horarios de las tiendas suelen ser: de 10h a 13:30 y de 17h a 20h. Los sábados permanecen abiertos muchos comercios. Los grandes almacenes y centros comerciales tienen, por lo común, un horario continuado (sin cerrar al mediodía) de 10h a 22h, incluidos los sábados.

La hora oficial es, como en el resto de España, la siguiente:
-En el periodo otoño-invierno (GMT+1)
-En el periodo primavera-verano (GMT+2).

Regressaram ao hotel perto das seis horas da tarde, felizes e contentes, como o ditado popular diz, começava a escurecer. Tinham caminhado à descoberta da cidade. Visitaram dois monumentos: A Catedral Santa Maria, Finales siglo XIII-XIV
Museu das Belas Artes Sito en el Palacio de Augusti en el Paseo de Fray Francisco, 8. Pintura costumbrista vascã, acabando por descansar num bonito jardim a comer um gelado.
Subiram ao quarto a repousar um pouco antes de descerem para jantar.
─ Se fecho os olhos adormeço! ─ Exclamou Rita.
─ Dorme um bocadinho enquanto tomo um duche. Vamos jantar no hotel.
Rita na penumbra do quarto, recorda a imagem de Francisco, a troca de olhares, os sorrisos plenos de doçura. Passa a mão pelos longos cabelos castanhos num gesto de desalento. A mãe chama por ela. A contra gosto levanta-se e pensa que está na hora de lhe contar tudo sobre o que fez.
─ Mãezinha queria contar-te uma coisa importante, tens uns minutos?
─ Desculpa Rita, depois, agora queria telefonar á Sandrine e à Cristina.
Luísa digita o número de Cristina.
─ Olá amiga, como vais, tudo bem contigo? Estamos óptimas, andamos a passear pela cidade. Uma cidade linda. Tens que vir cá um dia.
─ Por aqui tudo bem. Estou mesmo decidida a ter uma conversa séria com o Victor sobre a nossa situação. Estou com medo da reacção dele, mas o meu amor pelo Rui é maior. Há dias conheci alguém muito interessante no Mirc.
A linha caiu e foi impossível estabelecer novamente a ligação.
─ Espero que a Cristina tenha muita coragem para enfrentar o Victor e resolverem os problemas. Conseguiu nestes anos todos manter uma farsa sobre a relação péssima que tem com o marido. Quem será o novo conhecimento? Pareceu-me pela voz que estava muito entusiasmada.
─ Mãezinha, não te preocupes! Cristina já é crescida para resolver os seus problemas, e sabe que pode contar contigo para o que precisar. Aqui não podes fazer nada por ela.
Ainda falaram com Sandrine sobre a viagem que estavam adorar e logo que tivessem mais noticias voltariam a ligar.

Cristina, pelo seu lado, ficou arreliada com a queda da chamada porque queria contar à amiga como ela e o Eduardo tinham sido apresentados um ao outro pelo Rui no MSN e tinham estado os três a teclar na mesma janela. E em como tinha achado o Eduardo um excelente conversador, simpatiquíssimo e muito compreensivo dos problemas humanos.
Ela e o Rui tinham-lhe contado tudo acerca do seu romance e ele tinha-lhe dado muita força e coragem. Agora entendia a razão de a Luísa se ter apaixonado por ele sem nunca o ter visto.

Continua...

29 Comments:

Blogger dacj_a said...

Simplesmente Adorei... a história está contada de uma forma tão real na sua virtualidade que nos faz viajar com ela e nos transportar para junto da Luisa e da Rita. (sempre deu para passear um bocadinho;)),
Será que a Luisa volta a telefonar a Amiga????
Bem temos que esperar mais uma semana para saber...
Beijinhos aos dois e continuem.
Dulce

6:18 pm  
Anonymous tb said...

Parabéns pelos detalhes descritos utilizando até o castelhano para os tornar mais reais. (embora que na língua do país basco elas deveriam ter mais dificuldades em entenderem)... :)
Esta história que nos faz transpor no tempo e espaço a nossa virtualidade, e que nos envolve de várias formas, está excelente!
Beijinhos e uma excelente semana

6:34 pm  
Blogger Luisa said...

Gostei muito do folhetim de hoje, principalmente da descrição da cidade de Vitória.

9:45 pm  
Blogger Papoila said...

Adorei este passeio por Vitória, e as reerências em castelhano.
Estou de férias, mas dá para visitar-vos.
Gosto de vos ler.
Beijo

12:19 pm  
Blogger Rosmaninho said...

Isa&Luís

Eu sabia que muito brevemente aqui estaria de novo :).

Agora sei o que devo escolher de ementa, em Espanha... muito obrigada pela vossa ajuda.

Bem... Cristina, Eduardo, Rui, Luísa... Mirc...MSN... Excelentes conversadores, simpatiquissimos, compreensivos...
Paixão... sem nunca se terem visto... só mesmo paixão!

Continua...Que Bom!
Aguardo.

~*Um beijo*~

12:58 pm  
Blogger MoonLight said...

Bem... lá esperarei mais uma semanita...lol...porque por mim, devorava todos os capítulos de uma só vez! lol... Mas assim aprendo a paciência e a calma convosco! Adorei... Espero por sexta! Bom fim de semana. Bjs de Luz

2:42 pm  
Anonymous Nylda said...

Olá...
Que excelente este episódio, lindo adorei.
Bom fim de semana.
Beijos e um sorriso.

3:00 pm  
Anonymous Nanci said...

Na simplicidade de palavras encontramos a riqueza de todo conto...adorei e fico a torcer por estes casais - Eduardo & Luísa - Rui & Cristina

grande beijo em vcs

2:04 am  
Anonymous In loko said...

Olhem para mim, se faz favor, uns perretxikos, pode ser? LOLLL... não sei o que é mas estou curioso :). E o amor continua a bailar, que seria de nós sem amor?! Beijinho Isa abraço Luis, e boas férias se for caso disso!

5:53 am  
Anonymous bitu said...

Através dos textos viajamos com as personagens....lindo. Venho deixar um beijinho e dizer que vou de férias. Beijocas aos dois padrinhos mais lindos da net....Fiquem bem

9:12 pm  
Anonymous angel said...

¸.*
.::◦¤◦:.   BOA NOITE !!!
.):◦=:◦¤◦:=`.¸:◦¤◦:¸.*´:◦¤◦:
¸.:◦¤◦:*)´ Querido amiga(o)…
:◦¤◦:¸.* ¸.*)´:◦¤◦:` 
:◦:◦¤◦:◦:`*  A vida tem a cor que a gente pinta…
 ¸.*)´:◦¤◦:`Pinte a sua com as cores da aquarela…
(.:◦¤◦:¸.* `*.¸´:◦¤◦:   e seja muito feliz !
  :◦¤◦:.*¸.*)´ Tenham um excelente…
¸.*.)’ o**o    SEMANA !!!
:◦◦:.`*(”;”) Bjs no seu ♥ ANGEL!!!
:¤◦:` (“)(“) .:◦=:◦¤◦:=◦:.*´:◦¤◦:`:◦=:◦¤◦:=◦:`.¸¸.*)´:◦¤◦:=:◦¤◦:=

12:45 am  
Blogger soli-arte said...

olá amigos. depois de estar uma semana sem nada dizer, (cansaço, não de vós, mas de mim mesma :))voltei
como sempre gostei de vos ler e das descrições que tão bem fazem.
Conseguem fazer com que entre na historia. Quanto ao amor continua no ar.
Beijos e até sempre

3:52 pm  
Blogger ≈♥ Nadir ♥≈ said...

fantastico :)
Adorei os promenores em castelhano
:)
Beijos e boa semana

4:40 pm  
Blogger margusta said...

Veho deixar-vos um beijinho...e agradecer pela presença sempre constante no meu cantinho:)))
Ainda não hoje que eu ponho a leitura em dia :(((

11:54 pm  
Anonymous Margarida said...

excelente como sempre!


beijos doces no coração do coração e até...

12:28 am  
Blogger maresia_mar said...

Olá Isa e Luis
mais um capitulo que adorei, além do romance ainda nos dão uma lição de história e gastronomia ah ah.. Cá fico à espero do próximo..
Bjhs e boa semana

9:20 am  
Anonymous meialua said...

Hoje não deixo um beijo para os dois.
(já que é pouquinho, lol ;)
Beijos grandes e com carinho
recheados do brilho da Lua***

1:45 pm  
Blogger Nilson Barcelli said...

A história continua a ser muito bem contada.
Estou a gostar.
Beijinhos pa a Isa.
Abraço para o Luís.

2:56 pm  
Blogger Rui said...

Continuam em forma. :)

2:59 pm  
Blogger Kalinka said...

Olá Isa & Luís
Mais uma breve paragem aqui, para ler a 46ª parte do vosso romance.
Parabéns pela escrita.
Estou a gostar imenso.
Beijinhos aos dois.

11:23 pm  
Anonymous menina da lua said...

hello meninos

passo por ca para vos deixar um big beijo aos dois *

11:55 pm  
Blogger Natalie Afonseca said...

Olá!
Olá!
Simplesmente...muito bom! :)
Beijinhos para ambos!

:)))

1:21 am  
Blogger lena said...

Isa e Luís, meus queridos amigos, 46 capítulos sem deixar de ler um a um, semana após semana, e sempre surpreendida

continuar presa a este romance, é bom sinal, agrada-me é como se fosse já o meu livro de cabeceira que pego uma vez por semana e devoro com ansiedade, pois os outros dias fica fora do meu alcance...

Victoria, uma bela descrição da cidade

um diálogo bem elaborado entre mãe e filha, onde as personagens que estiveram "presentes" já "habitam" em mim também

continuo entusiasmada e isso é o mais importante

deixo o meu beijo à Isa e ao Luís e como sempre abraço-vos para além deste virtual

lena

10:53 am  
Blogger Å®t_Øf_£övë said...

É bom partir à descoberta do desconhecido... em busca de novos sabores.
Beijos e abraços.

6:03 pm  
Anonymous collybry said...

Olá Luís, gostaria de tirar, a impressão menos boa que deixei
Num comentário neste vosso muito interessante espaço de leitura, da vossa
História (escrita), um belo romance, já aqui tinha vindo, mas não pude deixar
Este pedido…que espero que seja por Vós aceite, gosto muito de aqui vir
Aprecio muito este espaço, ultimamente não tenho tido tempo, mas aqui estou
Me desculpem reli o meu comentário e deveria ser mais completo para
Ser entendido, erro meu, as pressas e resumos por vezes não dão mesmo certo.
Fiquam bem,
Deixo meu rasto num esvoaçar…
entregando um doce beijo,
Cõllybry

6:06 pm  
Anonymous Anonymous said...

Continua excelente o vosso romance e, aparte um excesso de mistura linguística com português e castelhano, está bem escrito e com optimos diálogos.
Em frente.

A. Terra Garcia

1:17 pm  
Blogger Catarina Pati said...

A virtual realidade mostra-nos o rosto humano por detras dos nick names :):)

Um abraço e bom fim de semana (que se avizinha:):))

10:03 pm  
Blogger Rosmaninho said...

Isa&Luís

Já é sexta-feira! ;):)
Muitas novidades haverá para contar!...
Aguardo-as calmamente mas... com muita curiosidade:).

~*Um beijo*~

12:24 pm  
Anonymous Maria said...

Linda como sempre! O desenrolar das situações continuam interessantes...!bji.

7:59 pm  

Post a Comment

<< Home